2 de jan de 2012


Sabe quando suas mãos se entregam ao sono, mas seus olhos continuam inquietos e encharcados? Eu não sei o que significa. Também não entendo quando estamos sós diante e sendo parte da diversão dos outros. Mas meu coração explode quando Deus milagrosamente revela meu sorriso para pessoas que conheço e não reconheço.
Meus braços definitivamente morreram. Minhas mãos estão dormindo. Mas é incrível como meu sorriso não se abalou. Mais impressionante ainda é como estou conseguindo esconder meus braços defuntos, minhas mãos dorminhocas e meu sorriso trêmulo.
Na verdade não escondo nada. Apenas acho que todo mundo deve guardar para si certas certezas, certas dúvidas, certas angustias, certos assuntos. Não tenho palavra final para encerrar a conversa. Só não quero mais voltar a falar no assunto. Tenho pressa em ser feliz e para mostrar a Felicidade para uma certa pessoa alí. Que Deus no acompanhe.  
                                                                                                            Alinne Louise